icn-close
icn-phone
(+351) 289 315 235
geral@jf-quarteira.pt
icn-fb
Facebook
HOME

Freguesia de Quarteira distinguida pelas boas práticas junto dos cidadãos seniores

2017-07-21

A Junta de Freguesia (JF) de Quarteira venceu a candidatura ao Programa ‘Freguesia/União de Freguesias Amiga do Idoso’, criado pela Cidade Social em parceria com a Associação Nacional de Gerontólogos. Trata-se de uma distinção que visa reconhecer, distinguir, promover e premiar as boas práticas realizadas pela freguesia na promoção de atividades, programas e envolvimento ativo deste escalão etário.

Responsável pela candidatura da autarquia, o Presidente da JF de Quarteira, Telmo Pinto, realçou a importância do selo de reconhecimento, tendo considerado que este é o resultado do grande investimento feito nos últimos quatro anos em prol dos cidadãos da Freguesia.
“Temos desenvolvido uma forte intervenção no sentido de criarmos condições para a integração e socialização dos cidadãos de mais idade, de forma a erradicarmos situações de isolamento e todas as consequências que advém dessa condição”, realçou o autarca, que faz questão de dedicar o galardão a todos os quarteirenses.

O programa avalia o conhecimento da realidade da Freguesia, nomeadamente o número de idosos residentes e as suas condições de vida. Avalia também a promoção do envelhecimento ativo, os programas de informação e sensibilização realizados, a aposta na formação contínua, as atividades de lazer realizadas, as parcerias existentes, a implementação estratégica de marketing e comunicação, a existência de programas intergeracionais e a promoção de programas educativos.

Ao longo dos últimos anos a população sénior de Quarteira tem sido apoiada através do Regulamento de Apoio Social e contemplada com diversas iniciativas e ações desenvolvidas pela Junta de Freguesia de Quarteira em parceria com a Câmara Municipal de Loulé, ou promovidas por diversos agentes locais com o apoio das Autarquias. É de salientar as atividades físicas como a Marcha-Corrida de Quarteira e os programas ‘Seniores em Movimento’ e ‘Caminhar é Saúde e Alegria’.

Merecem também destaque os programas de formação contínua desenvolvidos na Freguesia, entre os quais o projeto ‘Academia do Saber’ criado em parceria entre a JF e a Associação Sócio-Cultural de Quarteira, que conta atualmente com 18 instrutores voluntários. No mesmo contexto têm sido dinamizadas, por várias organizações financiadas pela Junta, atividades que abrangem maioritariamente cidadãos seniores, como o ‘Banco de Tempo’, o ‘Cantinho da Amizade’, o ‘Centro Paroquial’ e a Fundação António Aleixo.

A Freguesia de Quarteira tem apostado também nas atividades de lazer, como excursões e bailes populares, enquanto na área das práticas de solidariedade foi criado o Núcleo da Associação Oncológica do Algarve e estabelecidas parcerias direcionadas à realização de eventos para esta faixa etária.

No âmbito das atividades vocacionadas para a idade sénior foram lançados ainda programas intergeracionais entre alunos da ‘Academia do Saber’ e crianças do Colégio Origami e do Centro de Apoio à Criança, criado o Grupo de Folclore de Quarteira e promovidos programas educativos como a comemoração do Dia Mundial da Diabetes e sessões de esclarecimento pela Associação Oncológica do Algarve.

De forma a envolver toda a comunidade sénior nas ações e atividades organizadas, a JF de Quarteira procede à sua divulgação através da implementação de estratégias de comunicação e marketing, que incluem as redes sociais, o website da Autarquia e a distribuição de diversos materiais nos estabelecimentos comerciais da Freguesia.

Para além de outros benefícios conquistados no âmbito desta distinção, a JF de Quarteira passará a ter acesso a uma lista de programas nacionais desenvolvidos pelas autarquias e formação em regime de e-learning sobre gerontologia, que atribui diversas competências, entre as quais, como atuar perante o isolamento social e geográfico numa freguesia.

A importância deste programa e da intervenção das freguesias e uniões de freguesia na área da gerontologia, é o reconhecimento de que, em Portugal, esta faixa da população tem direito e deve ser apoiada, acompanhada e a ter oportunidades de viver com qualidade de vida.


Imagens adicionais

© TOPPING CREATIVE STUDIO